fire   ❁   heart
March 14, 2017
filed under: Poetry

Rumi escrevera melhor outrora, portanto o citarei antes de tudo:

“Por mais que se descreva ou se explique o amor, quando nos apaixonamos envergonhamo-nos de nossas palavras.
A explicação pela língua esclarece a maioria das coisas,
Mas o amor não explicado é mais claro.
Quando a pena se apressou em escrever,
Ao chegar no tema do amor, partiu-se em duas.
Quando o discurso tocou na questão do amor,
A pena partiu-se e o papel rasgou-se.
Ao explicá-lo, a razão logo empaca, como um asno no atoleiro;
Nada senão o próprio Amor pode explicar o amor e os amantes.”

Quando tentamos dar razões ao porquê se ama, o encanto se esmaece. Quando tentamos explicar o Amor, este deixa de sê-lo. O Amor não existe para ser posto em palavras; Amor se sente, Amor é. O Amor existe para ser vivido, sentido, tocado… amado. Apenas na última das hipóteses, ele necessita ser verbalizado. Porém ao sê-lo, ele perde boa parte da sua magia. 

De qualquer maneira, aqui vai minha tentativa de racionalizar e expressar algo tão forte e bonito, que perde muito da sua profundez ao ser traduzido em palavras.

…Mas nem tanto, porque no final acabou se resumindo a você.

Eu te amo porque você me deixa vulnerável e destemida
Eu te amo porque você é a razão da minha cura
Eu te amo porque você me fez juntar todos os cacos do meu coração para reconstruí-lo da melhor forma possível
Eu te amo porque seus olhos veem a minha alma
Eu te amo porque seu abraço me acalenta como uma canção de ninar
Eu te amo porque seus beijos me asseguram de que o paraíso é na terra
Eu te amo porque eu olho para você e vejo o resto da minha vida diante de mim
Eu te amo porque nossos olhos fazem amor sem sequer precisarmos nos tocar
Eu te amo porque nossas almas são intrínsecas
Eu te amo porque você é minha fonte de inspiração
Eu te amo porque nossos corações se entendem
Eu te amo porque não há nada em você que não me atraia
Eu te amo porque consigo ver dentro do seu coração o quanto você é bondoso e sensível
Eu te amo porque somos tão diferentes e ao mesmo tempo tão semelhantes
Eu te amo porque você tem características que admiro e me completam
Eu te amo porque o mero toque dos seus dedos abrasa todo o meu ser
Eu te amo porque com você eu me sinto a pessoa mais amada do universo
Eu te amo porque você me faz sentir segura e protegida
Eu te amo porque procurei por você por toda a minha vida
Eu te amo porque você é meu sonho que se tornou realidade
Eu te amo porque somos dois em um
Eu te amo porque ambos somos sobreviventes
Eu te amo porque com você o tempo é infinito e ilusório
Eu te amo porque sua risada é o som mais gostoso que eu já ouvi
Eu te amo porque sua voz é minha música preferida
Eu te amo porque sua barba faz cócegas carinhosas no meu rosto
Eu te amo porque minhas mãos se encaixam perfeitamente dentro das suas
Eu te amo porque eu me encaixo perfeitamente dentro do seu abraço
Eu te amo porque em você eu vejo minha família e meus filhos
Eu te amo porque te sinto comigo o tempo todo
Eu te amo porque não há um dia em que eu não pense em você
Eu te amo porque você está encravado na minha pele
Eu te amo porque não consigo imaginar mais ninguém além de você ao meu lado
Eu te amo porque eu não preciso de você, mas te quero mais do que qualquer coisa no mundo
Eu te amo porque esse amor faz com que eu me sinta livre
Eu te amo porque esse amor é uma das únicas certezas que eu tenho nessa vida
Eu te amo porque você desperta em mim meus melhores sentimentos
Eu te amo porque você faz eu me amar e me aceitar do jeito que eu sou
Eu te amo porque você foi a melhor surpresa que me aconteceu embora eu sempre soubesse que você apareceria na minha vida mais cedo ou mais tarde
Eu te amo porque eu te vejo como você realmente é
Eu te amo porque você merece ser amado dessa maneira
Eu te amo porque eu simplesmente não sei como não te amar
Eu te amo porque foi você quem me ensinou a amar
E, por fim, eu te amo porque não há nenhuma razão para te amar
Ao mesmo tempo que eu tenho todas as razões para fazê-lo
Eu te amo porque eu te amo
Eu te amo porque você é você
E porque você é a razão do meu amor




This entry was posted on Tuesday, March 14th, 2017 at 1:33 pm and is filed under Poetry. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.